Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Terça, 19 Março 2019 13:26

NOTA DE SOLIDARIEDADE

A Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) se solidariza à Magnífica Reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Maria Valéria Correia, seu vice, José Vieira, e os diretores dos Departamentos de Administração de Pessoal, em virtude de um pedido de prisão requisitado no dia 13 deste mês em nome da Associação dos Docentes da Ufal (Adufal) e do Sindicato dos Técnicos da UFAL (Sintufal).

De forma descabida e desproporcional, o ataque à reitora, mulher, líder, profissional eleita pelo voto direito, e exercendo o mais alto cargo na hierarquia de uma instituição que traz em seu histórico o protagonismo em várias fases de lutas por melhorias no ensino público, na relação com docentes e funcionários, pela qualidade no ensino superior, revela uma urgente necessidade de se reaver as posturas de entidades e dirigentes para que continuemos a primar pelo diálogo e a manutenção da democracia. Não podemos entrar na onda da atualidade com episódios perigosos, obscuros e degradantes para a educação pública brasileira.

Casos parecidos em outras universidades federais do País demonstram ataques frequentes aos direitos fundamentais por meio de cortes orçamentários exorbitantes, razão pela qual exige postura, sendo de oportunidade e diálogo entre a gestão e entidades.

A Semudh se coloca à disposição da Reitora Maria Valéria, de seu vice e diretores no sentido de contribuir para que este tipo de atitude não venha a ocorrer no meio acadêmico e social a fim de que a democracia, o diálogo e o respeito prevaleçam sempre!