Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Sexta, 16 Março 2018 11:57
PROGRAMA

Semudh e Fórum discutem enfrentamento à violência contra a mulher

Reunião aconteceu nesta sexta-feira (16), na Central da Mulher

Durante a reunião, foram apresentadas estratégias de enfrentamento às várias formas de violência enfrentadas pelas mulheres do campo Durante a reunião, foram apresentadas estratégias de enfrentamento às várias formas de violência enfrentadas pelas mulheres do campo Fotos: Marília Ferreira/Ascom Semudh
Texto de Marília Ferreira

O Fórum Estadual de Enfrentamento à Violência contra Mulheres Rurais em Alagoas (FEEVMR-AL), órgão de caráter consecutivo e deliberativo, vinculado à Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), esteve reunido, nesta sexta-feira (16), na Central da Mulher e dos Direitos Humanos, para tratar sobre o Ativismo das Mulheres Rurais em Alagoas.

 

Durante a reunião, foram apresentadas estratégias de enfrentamento às várias formas de violência enfrentadas pelas mulheres do campo.

 

De acordo com a secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, Claudia Simões, é preciso unir forças para garantir os direitos do segmento. "Estamos no Mês da Mulher, mês de luta para todas nós. Precisamos unir esforços e, assim, avançarmos ainda mais nas ações do Fórum em prol das mulheres rurais de Alagoas", disse a secretária.

Programa Mulheres Mil

Dando continuidade às atividades do mês da mulher, simultaneamente à reunião do Fórum, a Semudh também proporcionou a realização de serviços voltados às mulheres participantes do Programa Mulheres Mil, como  testes rápidos de HIV, AIDS e Hepatite. Na ocasião, ainda foi apresentada para as mulheres a Patrulha Maria da Penha, uma guarnição mista de Policiais Militares que atuarão com ações ostensivas e protetivas especializadas no combate à violência contra a mulher.

 

O Mulheres Mil faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), sendo desenvolvido por meio de uma parceria entre a Semudh e o Instituto Federal de Alagoas (Ifal).

 

O objetivo desse programa é promover a inclusão social, econômica e educacional de mulheres em situação de vulnerabilidade social, contribuindo para a promoção da igualdade de gênero e o combate à violência contra a mulher.

 

Os cursos promovidos pelo programa acontecem três vezes por semana, na Central da Mulher e dos Direitos Humanos, localizada na Rua Augusto Cardoso, s/nº, na Jatiúca. A duração aproximada de cada capacitação é de seis meses.

 

Fotos: Marília Ferreira/Ascom Semudh